Petrópolis – A Cidade de Pedro

Um fim de semana na cidade de Petrópolis é uma ótima dica de passeio – bom e barato – e uma volta ao tempo do Império, principalmente para quem é morador da cidade do Rio de Janeiro. Petrópolis fica situada somente a 70 Km da capital e pouco mais de 1 hora de carro subindo pela serra. Eu gostaria de dizer que um fim de semana é suficiente em Petrópolis, porém a cidade oferece muitas atrações, e isso é uma ótima desculpa para sempre voltar. A cidade é a mais segura do estado do Rio de Janeiro e a sexta mais segura do país. Petrópolis também é conhecida como Cidade Imperial, pois o Imperador D. Pedro II se apaixonou pela região e a visitava com frequência. Durante o verão, a cidade transformava-se na capital do Império do Brasil, com a mudança de toda corte para lá.

Petrópolis 4

Petrópolis 2

O que fazer na cidade?

A cidade possui diversas atrações turísticas, grande parte composta de construções da época do império e algumas abertas a visitação. Eu sugiro, no mínimo, a visitação dos pontos turísticos que menciono nesse post e, se sobrar tempo, há diversas outras atrações para conhecer. Voltem aqui e comentem sobre o que fizeram na cidade.Petrópolis 3

Museu Imperial

Ao meu ver, a atração mais imperdível é o Museu Imperial. O Palácio Imperial, que hoje transformou-se no Museu Imperial, foi construído para servir de casa de veraneio do Imperador D. Pedro II e onde ele passou mais de 40 verões. O Museu funciona de terça a domingo, das 11:00 às 18:00 e possui preços diferenciados para pacotes em família, assim como um “Combo” para o espetáculo de Som e Luz que acontece à noite em seus Jardins. Eu comprei um pacote que dava direito a visitação e ao espetáculo noturno de som e luz – esse imperdível – no valor de 20 reais.Museu Imperial 9

Museu Imperial 4

Museu Imperial 3

Em frente ao Museu Imperial há disponibilidade de passeio com charrete. Eu tenho pena dos animais e não gosto desse tipo de atividade, mas sei que muita gente acha legal. O passeio de charrete passa pelos principais pontos turísticos próximos ao Museu. As charretes são registradas e legalizadas junto à Prefeitura de Petrópolis.

Museu Imperial 6

Museu Imperial 5

Museu Imperial 7

Museu Imperial 8

Fiz a visitação ao Museu na parte da manhã e à noite voltei para assistir o espetáculo de Som e Luz. Eu havia lido sobre essa atração, porém não imaginava que seria tão interessante e bem produzida. Nos jardins do Museu são reproduzidos vídeos encenando bailes e contos da época do império com narração de uma parte importante da nossa história. Os vídeos são reproduzidos tanto nas paredes do Museu quanto numa nuvem de água que surge de chafariz. O espetáculo acontece de quinta a sábado às 20:00 e recomenda-se comprar o ingresso na parte da manhã, especialmente em época de alta temporada.

Museu Imperial 2

Catedral de São Pedro de Alcântara

Também chamada de Catedral de Petrópolis, a Catedral de São Pedro de Alcântara é dedicada ao padroeiro da cidade e da monarquia brasileira. A Cadetral é uma igreja de estilo neogótico, seguindo o estilo das catedrais do Norte da França. Ela é muito conhecida, pois em 1935 o presidente Getúlio Vargas inaugurou o mausoleu imperial e os sarcófagos contendo os restos mortais de D. Pedro II e sua esposa, Teresa Cristina, foram transferidos para lá. Em 1971 também foram sepultados no mausoléu a Princesa Isabel e seu marido, o Conde D’Eu.

Catedral São Pedro

Catedral São Pedro 2

Museu Casa Santos Dumont

Esse museu, na verdade, é a casa que Santos Dumont ficava quanto estava em Petrópolis. Conhecida como “A Encantada”, a casa transformou-se em um museu com visitação paga. O ambiente é pequeno, mas a construção é bastante pitoresca e interessante. A casa possui algumas caracterísiticas próprias, como o chuveiro de agua quente e a escada que obriga os visitantes a subirem com o pé direito, além de possuir um observatório no telhado (não aberto para os turistas). A entrada inteira custa R$ 8,00 e fica aberto de terça a domingo, das 9h às 17h00.

Casa Santos Dumont

Casa Santos Dumont 2

Palácio Quitandinha

Em minha opinião, o Palácio Quitandinha é uma das construções mais imponentes da cidade, seja por seu tamanho, seja por sua localização privilegiada. O Quitandinha – como é conhecido – foi inicialmente construído com o objetivo de ser o maior hotel-cassino da América do Sul, porém com a proibição do jogo no Brasil, ele teve sérias dificuldades de se manter somente como hotel de alto padrão.

Quitandinha 2

Quitandinha 3

Quitandinha

Quitandinha 6

Quitandinha 5

Os apartamentos foram vendidos e atualmente fazem parte de um condomínio residencial. A parte térrea do palácio, assim como seu jardim e lago, foram adquiridos pelo Sesc que faz um ótimo trabalho com o espaço, proporcionando aos visitantes uma visita à parte interna e diversas atividades recreativas (pedalinho, pula pula, oficinas, futebol, teatrinho) para crianças na parte externa, com monitores e guias turísticos. O palácio foi rebatizado como Sesc Quitandinha e funciona de terça a quinta, das 9h às 21h; sexta e sábado, das 9h às 23h; e domingos e feriados, das 9h às 22h.

Palácio Rio Negro e Museu da F.E.B

O Palácio Rio Negro é uma construção de cor amarela (não confundir com o Palácio Amarelo, sede da Câmara Municipal Petropolitana) e que chama bastante atenção de quem passa em frente. O Palácio foi utilizado durante muito tempo como residência oficial de verão dos presidentes da República, principalmente quando o Rio de Janeiro foi a capital da República.

Museu FEB Petrópolis 2

A parte externa do palácio é impecavelmente bonita e bem cuidada, desde a construção até seus jardins. Infelizmente, na parte interna, o palácio está em condições bem ruins de conservação. Praticamente não há mobílias, as paredes estão todas descascadas (aparentemente uma restauração não terminada), o cheiro não é bom e não há nada de interessante lá dentro. Fiquei até com um certo sentimento de tristeza. A visita vale a pena somente para tirar fotos na parte externa e no Jardim.

A grande surpresa foi encontrar um mini museu da FEB (Força Expedicionária Brasileira) nos fundos do palácio. O museu contém diversos itens da guerra, inclusive muita coisa apreendida dos alemães. O mais emocionante não são as coisas em si, mas sim a explicação por parte de um dos filhos dos soldados que estiveram na guerra e o orgulho que ele tem de estar alí contando uma parte da história do país e do seu pai. Recomendo muito a visita para que vocês possam sentir essa emoção.

Museu FEB Petrópolis

Trono de Fátima

O monumento, onde há uma imensa imagem de Nossa Senhora de Fátima, foi construído em 1947, como local de oração. Fica localizado no bairro de Val Paraíso e numa área alta da cidade onde pode-se apreciar uma boa parte da cidade de Petrópolis.

Nossa Senhora é envolvida por sete colunas que representam os dons do Espírito Santo. Sob o monumento, uma cripta de 10 metros de diâmetro abriga uma capela onde ocorrem missas.

Trono de Fátima

Espero que tenham curtido esse post e não esqueçam de colocarem seus comentários.

Aguardem os próximos posts e assinem o blog para receber por email as atualizações.

Veja também aqui no Blog:

Inverno em Campos do Jordão
Visconde de Mauá – RJ
Paraty – RJ

Visite-nos no Google+

rbbv

Anúncios

2 pensamentos sobre “Petrópolis – A Cidade de Pedro

  1. Oi, Bruno!

    Em primeiro lugar, parabéns pelo post! Muito detalhado e gostoso de ler. Esse está nos meus favoritos (junto com o post mais bombado da internet, o Mc Lirica! rs).

    Fiquei com vontade de ver esse espetáculo de Som e Luz. Vc sabe que não curto muito a parte interna do museu (por questões pessoais e talvez de outras vidas hehe), mas entrei no link q vc colocou e achei muito legal. A foto q vc postou tb está ótima, deu vontade de assistir. Quem sabe na minha próxima visita!

    Aproveito para indicar um restaurante maravilhoso “Imperatriz Leopoldina”, que fica dentro do Hotel Solar do Império que tb é belíssimo. Não é um restaurante muito barato, mas em comparação com o que estamos acostumados no Rio, excelente relação custo x benefício! Vale muito a pena, porque a comida é especial e o ambiente muito lindo. Dá para tirar umas fotos pelas dependências do hotel tb. Ideal fazer reserva.

    Legal tb o mini museu da FEB, não conhecia.

    Bjos!

    Curtir

    • Flavinha,

      Pois é, eu preciso ir a Petrópolis para fazer um passeio mais gastronômico. Eu fui a uma pizzaria que é considerada a melhor da cidade, porém perdi as fotos do meu celular e nem coloquei no post.

      Obrigado pelo comenentário. O post do MSC Lirica é imbatível.

      Beijos.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s